Mosaicos
O Mosaico Bocaina foi instituído pela Portaria MMA nº 349, de 11 de dezembro de 2006. O território do Mosaico Bocaina reúne unidades de conservação, de âmbitos federal, estadual e municipal e suas respectivas zonas de amortecimento, localizadas no Vale do Paraíba do Sul, litoral norte do Estado de São Paulo e litoral sul do Estado do Rio de Janeiro

Composto porcomposto por 27 unidades de conservação da natureza e 2 Áreas Protegidas e abrange além da própria cidade do Rio de Janeiro, pequenas porções dos municípios de Mesquita e Nova Iguaçu

Área com cerca de 233.710 hectares, 13 municípios e 22 Unidades de Conservação.

Criado pelo Ministério do Meio Ambiente, por meio da Portaria nº 351 de 11 de dezembro de 2006. Composto por 17 Unidades de Conservação (UC) públicas localizadas na região, além de diversas Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPN). A área do Mosaico Mantiqueira abrange cerca de 729.138 hectares. Abrange parte do território de 38 municípios dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Parceiros brasileiros
Conservação da biodiversidade da Mata Atlântica com ênfase na proteção do Mico-Leão-Dourado em seu habitat natural.

O Centro de Desenvolvimento Sustentável – CDS, criado em 1995, é uma unidade permanente da Universidade de Brasília (UnB), sediada no Distrito Federal – Brasil. Ele se dedica ao ensino, à pesquisa e à extensão.

Collectivité Territoriale de Corse

A missão da Conservação Internacional (CI) é promover o bem-estar humano fortalecendo a sociedade no cuidado responsável e sustentável para com a natureza - nossa biodiversidade global - amparada em uma base sólida de ciência, parcerias e experiências de campo.

A FUNATURA tem por missão defender o meio ambiente no Brasil, com ênfase na manutenção da diversidade biológica e na melhoria da qualidade de vida de sua população, contribuindo para o uso sustentável dos recursos naturais em todas as regiões do País, de modo geral, e nos biomas Cerrado e Pantanal, em particular.

Órgão vinculado à Secretaria de Meio Ambiente, tem por objetivo contribuir para a conservação, manejo e ampliação das florestas de proteção e produção do Estado de São Paulo

A Fundação tem como missão promover o desenvolvimento sustentável, com ênfase nas águas brasileiras e ecossistemas associados, através de um diálogo permanente com os diversos setores da sociedade, da multiplicação de competência e da promoção do exercício da cidadania.

Criada em 1988, a FURPA vem desenvolvendo ações que contribuem diretamente para a preservação do meio ambiente, com representatividade em diferentes conselhos em nível estadual e nacional, possuindo jurisdição nos estados do Piauí, Ceará, Maranhão e Tocantins.

Cabe ao Instituto executar as ações do Sistema Nacional de Unidades de Conservação, podendo propor, implantar, gerir, proteger, fiscalizar e monitorar as UCs instituídas pela União. Cabe a ele ainda fomentar e executar programas de pesquisa, proteção, preservação e conservação da biodiversidade e exercer o poder de polícia ambiental para a proteção das Unidades de Conservação federais.

O Instituto Estadual de Florestas (IEF) propõe e executa as políticas florestais, de pesca e de aqüicultura sustentável.

O IPÊ é uma instituição dedicada à conservação da biodiversidade em bases científicas. Atua em pesquisas, formação de profissionais, educação ambiental e programas de geração de renda e negócios sustentáveis que ampliem a responsabilidade socioambiental de comunidades, empresários e formadores de opinião.

Criado em novembro de 1992, tem como missão promover a adoção de princípios e estratégias para o conhecimento, a proteção e a recuperação do meio ambiente, o uso sustentável dos recursos naturais, a valorização dos serviços ambientais e a inserção do desenvolvimento sustentável na formulação e na implementação de políticas públicas, de forma transversal e compartilhada, participativa e democrática, em todos os níveis e instâncias de governo e sociedade.

A maior parte da extensão territorial do município encontra-se na Mata Atlântica. Entretanto, em sua porção oeste, nas encostas da Serra do Espinhaço, apresenta vegetação típica do Cerrado, o que caracteriza esta faixa como uma zona de transição entre estes dois biomas.

A missão e as funções da RBMA, estão de acordo com as preconizadas pelo Programa MaB para as reservas da biosfera em geral que são a conservação da biodiversidade, a promoção do desenvolvimento sustentável e o fomento à pesquisa, ao monitoramento e à educação ambiental. Contribuir de forma eficaz para o estabelecimento de uma relação harmônica entre as sociedades humanas e o ambiente na área da Mata Atlântica.

A Subchefia de Assuntos Federativos (SAF) da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, ciente do potencial de cooperação e sinergia dos governos subnacionais, criou, em 2003, sua Assessoria Internacional, a fim de apoiar, potencializar e dinamizar as iniciativas internacionais dos entes federados, em consonância com as políticas definidas pelo Ministério das Relações Exteriores e demais ministérios e órgãos federais.

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SDS) do Amazonas tem papel fundamental na implementação do Programa Zona Franca Verde, em articulação com outras secretarias e órgãos do Governo do Estado.

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos – SEMA é a entidade coordenadora do Sistema Estadual de Gestão Ambiental e dos Recursos Hídricos do Estado do Paraná e tem por finalidade formular e executar as políticas de meio ambiente, de recursos hídricos e atmosféricos, biodiversidade e florestas, cartográfica, agrária-fundiária, controle da erosão e de saneamento ambiental e gestão de resíduos sólidos.

Proporcionar o desenvolvimento do Estado do Amazonas, capacitando e formando quadros que possam atuar no sistema produtivo, na gestão da coisa pública, na produção de conhecimento, na geração de novas tecnologias e na valorização do patrimônio imemorial, tendo sempre como objetivo maior: a qualidade de vida, a cidadania e a integridade cultural e ambiental da Amazônia.

Cultivar o saber em todas as áreas do conhecimento por meio do ensino, pesquisa e da extensão, contribuindo para a formação de cidadãos e o desenvolvimento da Amazônia.

A Universidade Federal do Rio de Janeiro consiste em proporcionar à sociedade brasileira os meios para dominar, ampliar, cultivar, aplicar e difundir o patrimônio universal do saber humano, capacitando todos os seus integrantes a atuar como força transformadora.

Associação civil sem fins lucrativos, criada em 2004 por pesquisadoras e técnicas da área ambiental, preocupadas em contribuir com a manutenção da impressionante riqueza da fauna, flora e paisagens naturais brasileiras.

O WWF-Brasil, criado em 1996 e sediado em Brasília, desenvolve projetos em todo o país e integra a Rede WWF, a maior rede independente de conservação da natureza, com atuação em mais de 100 países e o apoio de cerca de 5 milhões de pessoas, incluindo associados e voluntários.

Parceiros internacionais
GIZ – Cooperaçao alema

JICA - Japan International Cooperation Agency

Uniao Europeia no Brasil

Partenaires Français
Conseil Régional Nord-Pas de Calais

Conseil Régional PACA

Conseil Régional Rhône-ALpes

Embaixada da França no Brasil

Federation des Parcs Naturels Régionaux de France

Ministère des Affaires Etrangères et Européenne – Délégation à l’action extérieure des collectivités locales

Login Fórum:
Senha:
Fórum
Biblioteca
Editais
Licença Creative Commons
A obra Rede Mosaicos de Áreas Protegidas de REMAP foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não Comercial 3.0 Não Adaptada .
Podem estar disponíveis permissões adicionais ao âmbito desta licença em www.redemosaicos.com.br