O que é a Rede?


A rede é um sistema de conexão aberto, descentralizado, plural, dinâmico, que se auto-regula e que se caracteriza fundamentalmente pela sua horizontalidade. A idéia de auto-organização é vital para a compreensão da estrutura e funcionamento da rede. Diz respeito à capacidade da mesma em produzir sua condição própria de reprodução e manutenção ao longo do tempo, mediante constante inovação, ação e comunicação (Luhman, Niklas, 2005).
Define-se como “padrão de relacionamentos que conectam vários nós ou centros a muitos outros centros. São conexões de vários pontos para vários outros e não de um para outros (…) a densidade de ligação é responsável pela vitalidade relativa do sistema (WWF-Brasil, 2004).
Um dos primeiros movimentos a acionar um conceito de rede crítica e emancipadora utilizando a expressão rede em sua denominação foi a REBEA (Rede Brasileira de Educação Ambiental) (in Marcus Gomes, conexão verde março 2011 ‘’vamos nos enredar? ’’).

A Rede de Mosaicos de Áreas Protegidas – REMAP, busca conectar atores – pessoas e instituições – interessadas no fortalecimento dos Mosaicos de Áreas Protegidas no Brasil. Essa idéia surgiu em 2008, na ocasião do seminário Brasil x França de mosaicos de áreas protegidas que ocorreu na França e que criou a “proto-rede” reunindo atores com “comunidade de propósito”. Várias outras iniciativas de fomento as gestões integradas e participativas em mosaicos também promoveram essa idéia. A manifestação clara de tecermos uma rede brasileira de mosaicos foi publicada em 2010 da seguinte forma: “É necessário dar uma continuidade ao trabalho e difundir a experiência através, por exemplo, da manutenção da rede brasileira de mosaicos por meio de uma política de mosaicos e um fórum permanente” (Delelis C., Cardoso T., Rehder T., 2010). A rede seria desta forma, ao mesmo tempo temática (fóruns temáticos abertos) e territorial (reunindo territórios de mosaicos).
Os princípios organizacionais da rede são baseados na ação voluntaria, sem hierarquia e burocracia, com circulação constante de informação e livre intercomunicação. Foi definida a existência de uma coordenação rotativa entre os territórios, pessoas e instituições. Os quatro fóruns temáticos, abertos a todos, contam com um moderador.

*Texto elaborado por Caroline Delelis, a partir do texto “conexões nem tantos ocultas – tecendo a REMAP”, Thiago Mota Cardoso, 2010.
Login Fórum:
Senha:
Fórum
Biblioteca
Editais
Licença Creative Commons
A obra Rede Mosaicos de Áreas Protegidas de REMAP foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não Comercial 3.0 Não Adaptada .
Podem estar disponíveis permissões adicionais ao âmbito desta licença em www.redemosaicos.com.br